UPDATE – XXI CONGRESSO – 14 e 15 Outubro 2022

 class=
Está a aproximar-se o XXI Congresso Nacional de Grupanálise e Psicoterapia Analítica de Grupo, onde nos iremos reencontrar em presença física!

Muito gostaríamos de contar com a sua presença, neste evento que irá decorrer nos dias 14 e 15 de outubro, na Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa, sob o tema “Em Tempos de Ameaça: O Mal, a Maldade e a Malevolência”.

Caso já se tenha inscrito no XXI Congresso, não necessita de o fazer novamente.

CONSULTE AQUI O PROGRAMA FINAL!
Conferências-debate

Primeiramente, no início de cada dia do XXI Congresso, haverá um momento de Conferência-debate, onde serão apresentadas duas conferências sobre os temas do Congresso, seguidas de debate com a audiência.

Dessa forma, pode consultar de seguida os títulos das conferências e o currículo sumário dos prelectores convidados.

14 de Outubro – Sexta-feira

9h30 – 11h00 – Conferência-debate: 
O mal, a maldade e a malevolência

Presidente: Sara Ferro
Conferencistas: Isaura Manso Neto, João Justo
 
Maus-tratos na Infância
Isaura Manso Neto
Médica Psiquiatra, Grupanalista didata da SPGPAG, Actual Presidente da SPGPAG.
Membro “full” da Group Analytic Society International; membro da sua Direcção de 2007-2014. Delegada da SPGPAG na EFPP.
Membro da SPPsicanálise. Membro fundador da Asssociação Portuguesa de Psicanálise Relacional.
Introdutora da Grupanálise Multifamiliar em Portugal em 2001, inspirado no modelo de Garcia Badaracco (2000).
Chefe de Serviço da carreira Hospitalar. Chefia do Hospital de Dia do Serviço de Psiquiatria do HSM 2000-2008.
Prémio Jane Abercrombie Prize 2011, com a sua equipa.
O Mal, o que pensamos dele e o que lhe podemos fazer
João M. R. M. Justo
Licenciatura em Psicologia pela Faculdade de Psicologia e de Ciências da
Educação da Universidade de Lisboa, 1982.
Provas de Aptidão Científica e Capacidade Pedagógica pela Faculdade de
Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Lisboa, 1986.
Doutoramento em Psicologia Clínica pela Universidade de Lisboa, 1995.
Professor da Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa.
Membro da Fundação Brazelton/Gomes Pedro.
Membro da Associação para a Promoção da Saúde Mental na Primeira
Infância
Áreas de investigação científica: psicologia da maternidade, maternidade de
risco, infertilidade, comportamento do recém-nascido, relação precoce.

 
15 de Outubro – Sábado

9h00 – 10h30 – Conferência-debate: 
Grupanálise em tempos de ameaça

Presidente: Isaura Manso Neto
Conferencistas: Paulo Mota Marques, José Abreu Afonso
As Faces das Ameaças
Paulo Mota Marques
Psicólogo Clínico; Grupanalista, Psicoterapeuta Psicanalítico
Mestrado em Psicopatologia e Psicologia Clínica; Doutoramento em
Psicologia Clínica
Membro Titular Didata da Sociedade Portuguesa de Grupanálise e
Psicoterapia Analítica de Grupo (SPGPAG); Membro Titular da Group
Analitic Society (GASI)
Membro da International Association for Relational Psychoanalysis
and Psychotherapy (IARPP)
Membro Fundador e Titular da Associação de Psicanálise Relacional
(PsiR) onde é Membro da Comissão Científica
Foi, entre outras funções ao longo da sua carreira, Chefe da Unidade de
Psicologia Clínica do Hospital das Forças Armadas (Polo de Lisboa
Formador e Supervisor na SPGPAG e PsiR
 
Intolerância às diferenças: uma construção social ou intrínseca à natureza humana?
(Título provisório)
José de Abreu Afonso 
Grupanalista da SPGPAG e Psicanalista da SPP e International Psychoanalitc Association.
Doutorado em Psicologia Clínica, é Pós-Graduado em Psicopatologia e Psicologia Clínica (ISPA / CREF- U. Paris X), Mestre em Psicopatologia e Psicologia Clínica, e Licenciado em Psicologia na Área de Clínica pelo ISPA – Instituto Universitário, onde é professor no Mestrado em Psicologia Clínica e coordenador pedagógico dos estágios em Psicologia Clínica e Saúde.
É formador no Instituto de Psicanálise e na SPGPAG.
 
13 de Outubro – Quinta-feira

18h30 – 20h00 – Painel Multidisciplinar Pré-Congresso


O Mal é uma Construção Cultural ou Inerente à Natureza Humana?

Portanto, é em grupo que conseguimos ter diferentes perspectivas que nos ajudam a pensar, crescer e vencer os desafios com que nos confrontamos nas nossas vidas. É a proposta que a SPGPAG lança a todos, neste seu primeiro painel multidisciplinar, com as as seguintes interrogações: O mal é uma construção cultural ou inerente à natureza humana? Como reagimos aos desafios extremos que nos põem frente a frente com a nossa vulnerabilidade e fragilidade? O receio da destruição ou a esperança da salvação, qual irá prevalecer?


O Painel será coordenado pelo Dr. César Vieira Dinis, Médico Psiquiatra, Grupanalista Didata da SPGPAG e Presidente do Congresso.

Ainda assim, contará ainda com os seguintes convidados:
– Prof. Doutor Rodrigo de Sá Nogueira Saraiva, Etologista da Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa;
– Prof. Doutor Sérgio Campos de Matos, Historiador da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.
– Prof. Doutor André Mata, Professor de Psicologia Social da Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa

Em resumo, este momento é dirigido a profissionais de saúde, estudantes e ao público em geral, e procurará trazer diferentes perspectivas sobre os temas do mal e da maldade.

Por fim, seguir-se-á a discussão com a plateia, entre as 19h30 e as 20h00.

PROGRAMA FINAL

INSCRIÇÕES

Partilhe o nosso artigo nas redes sociais:

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp