Para admissão à Sociedade Portuguesa de Grupanálise e Psicoterapia Analítica de Grupo (SPGPAG) é necessário que o requerente esteja há pelo menos dois anos em Grupanálise com um Grupanalista Titular Didata (consultar Grupanalistas Portugueses).

São reconhecidos como curricula de base os seguintes cursos:

  • Medicina com experiência em Psiquiatria,
  • Psicologia com experiência em Psiquiatria,
  • Terapia Ocupacional com experiência significativa em Psiquiatria,
  • Serviço Social com experiência significativa em Psiquiatria,
  • Antropologia com experiência significativa em Psiquiatria,
  • Nos casos de outros cursos superiores, exige-se que haja actividade profissional comprovada na área de intervenção psicológica, num serviço de saúde mental e/ou psiquiatria, cuja idoneidade para o efeito seja reconhecida.

O candidato deve requerer à Direção a admissão à categoria de Membro Candidato. Ser-lhe-á indicada uma lista de grupanalistas Titulares Didatas, devendo o candidato efectuar seis entrevistas e submeter o seu curriculum à apreciação.

Caso o parecer destas entrevistas seja positivo, o candidato poderá iniciar a frequência do curso de Formação, com a duração de 4 anos letivos.

No ínicio do 3º ano poderá ser requerido o início da prática grupanalítica, com supervisão obrigatória por um Membro Titular Didata.

A passagem a Sócio Efetivo exige a conclusão do curso de formação, a apresentação pública de um trabalho clínico de grupanálise e o parecer de seis Grupanalistas Titulares Didatas, após entrevista e apreciação curricular, além da supervisão do trabalho clínico, com um Membro Titular Didata (que já era obrigatória desde o início da prática grupanalítica).

A passagem a categoria de Sócio Titular implica, ser Sócio Efetivo há pelo menos 3 anos, ter a sua análise pessoal terminada, fazer a apresentação pública de um trabalho teórico-prático original, além da apreciação curricular.

Quotas (anuais):

Membros Candidatos  –  156,00 euros

Membro Afliados – 180,00 euros

Membros Efectivos  –  222,00 euros

Membros Titulares  –  300,00 euros

Para mais informações consulte a página Estatutos e Normas.